quinta-feira, 21 de julho de 2016

Poeminha do amor inho



Tudo naquele amor era "ão",
Um amorzão,
Um limão,
Um furacão,
Todas as suas ações eram "ões"..
Dois beijões,
Três abrações,
Quatro apertões..
Tudo nos amantes era "inho"..
Um baixinho,
Um cheirinho,
Uma piscadinha.
Vieram os filhos..
Dois "ãos" e três "inhas"
Afetão,
Carinhão,
Ternurinha,
Amadinha,
Docurinha.
Amorzão ou amorzinho, não  importa..
Importante é que nos atreva a sonhar!!
Importante é que entre devasso no coração dos mais duros e provoque um incêndio de proporções não mensuráveis..

(Dos 23 poemas de amor)