domingo, 1 de agosto de 2010

Ando cega

Destruiram-se meus sonhos.
Fiquei perdida, imersa num mundo que não é meu!
Olho para o nada, pois nada do que seja eu, reconheço.
Eu tenho andado a procurar meus sonhos
A procurar a mim
E tateio como um cego as paredes de uma mulher parecida comigo.
Ando cega,
buscando-me loucamente!!

01.08.2010

Nenhum comentário: