quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Perdoa-me, mas o amo...
assim muito..
assim quieto..
assim calmo!!
Amor de marinheiro pela sereia enfeitiçado..
Amor desses de nuvem branca,
de mar sem onda,
amor meu cálido...
amor meu...
que agora é teu!!

Nenhum comentário: