sábado, 20 de novembro de 2010

Sabor de terra nua


meu paladar cego te persegue..

e tudo o que te pedes..

é que deixes em mim...

esse teu sabor acre de terra nua..







Nota de rodapé: essas palavras de sabor me remetem a uma canção folclórica mexicana que  me encanta hace años.. chama-se Llorana... "Yo soy como el chile verde, llorona, picante pero sabroso."

Nenhum comentário: