segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

América de mi pueblito




Minha alma é da cor negra
E o meu coração América
Latina de todos os cantos
E eu te ouço América minha
em batuques tantos e fiestas
Atabaques, tambores teus
Pueblos que vi..
Me haces llorar, América mia
tienes tantos colores
Y tu voz entre los rios y la gente tuya
São todos filhos teus
Expatriados,
Ingênuos nativos
imigrantes de coração livre,
condores que riscam teu céu.
Acolhes a todos, madre tierra
E és tão grande e tão bela..
E se te canto, América,
mujer hermosa
es porque soy tu hija
É porque te sinto minha
Mi sangre se confonde con el tuyo,
madre tierra de nosotros
Y te amo, América
Soy tuya..

(México - jan/2011)



Fotos: D. Possamai - Altiplanos/Caminito

Nenhum comentário: