quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Poeminha para Chico




Chico que é nome de rio,
que é nome de santo.
Benção entre os brinquedos azuis!
Sonhes muito, menino Francisco.
Que te sejam belos os dias,
e que tu nunca vejas a guerra,
nem a crueza dos homens.
Sê doce, Francisco!
Sê grande como os grandes rios,
que a vida corra através de ti
e tu deságues no imenso mar das tuas horas.
Chico, que tu vejas o mundo
com teu olhar de menino
e te percas nas grandes ruas.
Que a vida te seja mágica
e os teus sonhos de algodão.
Lembra, Chico, a fortaleza é o colo de mãe,
E sim, tem anjos vários ao redor de ti.
Inebrie-se do mundo, Chico..
E viva,
Imensamente viva, pequeno Francisco..


Para o pequeno bebê Francisco,
em 08.01.2010

Nenhum comentário: