quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Retratos - as quatro estações e mais uma

e tuas folhas secas..
ocres..
grenás..
 amarelos e outros tons..
 variações de fogo..
 fonemas de vento..
canções silibadas a deixar-te nu..
melancolia..
 angústia..


andas pelas sibérias brancas sem sentido..
 os subterrâneos teus..
tuas ruas vazias..
 tristes mãos de neblina.. 
reclusão e solidão confundem-se em ti..
choves..


Strelitzias amarelas..
furta-cor e abelhas..
Bobolis..
ávidos azuis..
 ressureição..
brisas sutis..
aromas florais que exalas..
renasces..


 
E havia sirocos ao redor de ti..
 Saaras que carregavas contigo..
 Desertos sem fim..
Sede..
 Miragens tuas..


 
e trazes monções..
inquietas chuvas..
correntezas..
 águas coloridas de deuses hindus..
 bebo-te em cálices de vento..





Nenhum comentário: