sexta-feira, 18 de março de 2011

filho meu




sonhei com teu rostinho,
filho que eu quero ter.
filho que é unção
que é prova de amor de uma mulher
um filho pra carregar na barriga
um filho que é benção,
poesia,
doação..
entrega desmedida de carinho
parte minha de felicidade

um filho pra ler muitos Quintaninhas
pra jogar bolita,
pra passear no vento
pra tomar banho de chuva..
bebê de dedos frágeis que quero meu
filho pra te dar sentido
um filho pra mim
um filho pro mundo..


escrito em setembro/2010

Nenhum comentário: