sábado, 26 de março de 2011

Os olhos teus




Embriago-me de sol e dos ventos coloridos.
As flores são tantas
e há pétalas muitas encerradas em mim.
Vários são os aromas do céu.
E tantos são os caminhos de nuvem
Embriago-me de tudo o que vive e canta.
O piano, as notas sutis..
Os tons de Matisse.
Embriago-me de vida e de rumores inquietos.
Mas há os teus olhos..
Esses teus olhos a torna-me ébria..
E então..meu mundo são teus olhos!!
Teus olhos..quando me sorriem..


Matisse - A alegria de viver



Nenhum comentário: