quarta-feira, 6 de julho de 2011

Tristeza




Pensamentos tristes,
dispersos.
Palavras inúteis,
 perdidas,
afônicas,
soltas pela folha nua.
Dias sem poesia.
Horas cinzas.


"Não tenho vergonha de dizer que estou triste,
Não dessa tristeza ignominiosa dos que,
em vez de se matarem, fazem poemas:
Estou triste por que vocês são burros e feios
E não morrem nunca..." Quintana

Praha - d.possamai

Nenhum comentário: