segunda-feira, 4 de julho de 2011

Una cancion de amor y un verso sencillo



e quando não te vejo,
imagino tua boca.
um beijo terno,
longe,
delicado..
e fico a sonhar todos os sonetos
e todas as canções de amor 
e então faço estes versos simples
Acolhe-os!!
Aninha-os na tua mão de menino.
são como pétalas os versos.
são linhas de voar no vento.
ouça-os.
vêm de mim como música..
partituras que pinto no ar
leves canções por onde voam meu amor.
escuta-o..
em silêncio..
bem baixinho..
ele é colorido e não dói..
tem cheiro de flor em primavera
e teimoso,
te repete em mantra..

Música - Klimt

Nenhum comentário: