sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Te quero

Disseram-me os outros
que todo poeta deve escrever um poema que se chame "te quero"
Ainda que não te queiram
Ainda que não sejam poetas
E esse poema há de ter todas as palavras ditas pelos enamorados
Mesmo que não sejam enamorados
Mesmo que não se digam palavras

Eu,
Que não sou poeta,
E nem sequer chego a ser enamorada
Te digo te quero com a boca pequena
Porque a boca grande eu a tenho para beijar-te
Mais do que isso não posso dizer-te..
Eu tenho uma voz muito fria para esses teus braços tão cálidos

Por isso, amor,  antes que tu creias nas minhas ilusões
e que eu escreva o que primeiro vier a alma
Eu chamei de poema essas linhas
E converti em soneto essas palavras
Cala-me a boca, amor
Aninha tua cabeça no meu peito
E escuta,
Só escuta..

Chagall - Amanti

Nenhum comentário: