quinta-feira, 21 de junho de 2012

Dialética



A mim pouco importa se sou triste!
Essas definições - felicidade, tristeza, loucura.. -
São só definições!!
Nesse meu mundinho imenso,
Não as aceito.
E peço que me deixem em paz.
Peço que procurem flores em Dasht-e Lut.
Que cuidem dos seus belos umbigos.
Deixem o poeta na sua tristeza ou alegria ou loucura..
Deixem-no cair no abismo..
Porque um poeta renasce a cada sílaba..
Mas é também num soneto que o poeta morre..
18.jun.12
"Poeta, sempre em luta vã contigo,
— Que sofres de já ser aquilo que não és,
Que sofres de não ser aquilo que queres ser...
Poeta, é já bem grande o teu castigo.
É preciso viver."
Francisco Bugalho, in "Canções de Entre Céu e Terra"
A morte e a jovem - Klimt
 Morte e Vida - Klimt

Nenhum comentário: