sexta-feira, 1 de junho de 2012

Um céu para ti desenhado



E o que dizer da nudez destes céus de outono??
Límpidos como uma aurora liquefeita
Céus de poucas nuvens e estrelas tímidas..
Um esboço de céu..
Um pedaço do deus pequeno
Uma nuvem
Um pássaro
Um cometa riscando o azul como um louco em fúria,
um insanso desmedido e violento!
Tragam as camisas de força..
É preciso prendê-lo - esse cometa rebelde -
É preciso trancafiá-lo, para sempre, como um garoto desobediente
Ponham-no no quarto escuro
Deixem-no de castigo
Há de atrever-se riscar o céu novamente,
Há de colorir de azul a noite escura
Há de perpetuar-se, para sempre, alto e belo, na pulila do teu olho de menino..

18/05/12



Nenhum comentário: