quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

A retórica dos grafismos - parte II






As aspas são pontos finais tão aventureiros, que vivem nas alturas..
 - naqueles balões coloridos -
lá, nos azuis das nuvens..

O ponto de interrogação é um ponto final que faz terapia..
Lê Nietzsche e vive questionando sua vã existência.
Confuso, submerge em profunda crise..

A exclamação é um ponto final bipolar: 
cabem-lhe, numa exatidão matemática, 
as alegrias e as tristezas mais nefastas..


Nenhum comentário: