terça-feira, 29 de janeiro de 2013

231 lágrimas




Teus Ícaros se foram para sempre
Para sempre, pai..
Teus Ícaros - pequenos homens de asas jovens..
Eternos como a natureza,
Ávidos como a vida..
A sonhar outros céus,
A buscar novos pousos ..

Teus Ícaros sonhavam a concretude das engenharias,
Os lindos campos de soja do teu solo fértil - terra de Iberês e Quintanas.
Teus Ícaros eram tão jovens que a morte lancinante interrompera.
Haverá maior dor que a tua, Dedalus??
A ver teus filhos mortos pelo solo seco, terra infértil, onde outrora brotaram sonhos e sorrisos
Haverá outros tesouros nos teus pampas?
Quanta satisfação ainda trariam teus Ícaros?
Quantas alegrias te dariam teus filhos??

Tua dor não tem fim!!
Porque não há cicatriz que remende teu coração quebrado,
Porque não haverá outros sorrisos, nem outros sonhos, nem outras festas..
Para os vossos Ícaros valentes, não haverá outro dia..


27/01/13 - aos 231 jovens da minha Santa Maria de coração


Nenhum comentário: