quarta-feira, 7 de maio de 2014

A Fábula do Grande Amor





E se tu tropeçasses, distraído, numa pedra e desses de cara com o grande amor?
E se naquele instante, tudo, absolutamente tudo a tua volta parasse..
Tu te entregarias ao novo amor?
Tu darias a mão ao grande amor? Ou ficarias, aí, parado, a ver a vida levando o grande amor até a esquina do desencontro??

Mexa-se, meu amigo..
Escuta bem essa fábula..
É preciso ousadia para abraçar o grande amor.
É preciso ter ombros fortes e coração destemido para que o grande amor não fuja.
É preciso ter olhos de futuro e sorrir como a primavera e os flamboyants.
Porque eu te afirmo, meu amigo..
Se o deixares fugir, o grande amor..
Põe na mala um bocado de coragem, sela o teu Rocinante e foge junto..


Nenhum comentário: